AÇÃO POLICIAL

Em Palmas, Unidade de Repressão a Narcóticos da Polícia Civil prende traficante e apreende mais de 3kg de drogas

Na tarde desta quarta-feira, 19, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por meio de ação deflagrada pela 1ª Divisão de Repressão a Narcóticos (DENARC – Palmas), deflagrou mais uma operação de combate ao tráfico de drogas, na Capital, a qual resultou na apreensão de arma de fogo, mais de 3 kg de substâncias entorpecentes, além de mais de R$ 3 mil, em espécie.

O delegado Alexander Pereira da Costa explica que a operação foi deflagrada após intenso trabalho investigativo, sendo possível identificar um indivíduo de iniciais L.H.C.S., de 29 anos, que é considerado um dos principais traficantes que atua na região central de Palmas, mais precisamente na quadra Arse 102 (1006 Sul).

Com base nas informações colhidas durante o trabalho investigativo, na tarde desta quarta-feira, as equipes da Unidade Antidrogas efetuavam monitoramento nas imediações da residência ocupada pelo suspeito e, após perceberem intensa movimentação de usuários entrando e saindo do local com o intuito de adquirir substâncias entorpecentes, adentraram no local.

Após buscas no interior do imóvel, os policiais conseguiram localizar e apreender cerca de 1,5 kg de crack,  685  gramas de skank, variedade mais potente de maconha, 500 gramas de cocaína e 606 gramas de maconha, bem como um revólver, calibre 38, além de 21 munições intactas do mesmo calibre, e a quantia de R$ 3.360,00, em espécie, dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

A autoridade policial informou que o entorpecente apreendido na posse do investigado está avaliado em mais de R$ 80 mil. Assim, a substância entorpecente apreendida, bem como a arma de fogo e o suspeito foram conduzidos para a sede da 1ª DENARC, onde o homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi encaminhado para a Unidade Penal de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

“Com mais essa prisão, a Polícia Civil do Tocantins reafirma o seu compromisso com a manutenção da ordem e da paz social e se coloca à disposição da população palmense para recebimento de informações sobre pontos de venda de drogas e outras atividades criminosas para que as ações pertinentes sejam adotas”, frisou.