Araguaina

Crianças e adolescentes em vulnerabilidade social têm dia de beleza gratuito

Crianças e adolescentes que são atendidos pela Casa de Acolhimento Ana Caroline Tenório de Araguaína receberam gratuitamente, nessa terça-feira, 10, um dia de beleza. A ação foi promovida pelos formandos do Curso de Cabeleireiro do Centro de Geração de Renda. Os 32 alunos realizam o embelezamento dos acolhidos com corte, escova, colocação e hidratação.

A transformação não foi vista somente nos cabelos, mas também na autoestima de quem participou. Para a voluntária Marlúcia Soares Ferreira, de 41 anos, a ação teve um gostinho a mais do que para os companheiros de curso. Há quatro meses, ela recuperou a guarda dos filhos que estavam acolhidos na casa.

“É uma nova vida, mudou tudo fazer este curso. Eu já fiz o de manicure, agora o de cabelereira e quero continuar fazendo. Meus filhos já estão em casa, eu quero cuidar deles. Aquela vida já passou”, afirmou Marlúcia. Sua tarefa foi hidratar os cabelos de uma jovem de 13 anos. “Gosto muito quando o pessoal vem aqui cuidar da gente. Desta vez quero mudar meu corte de cabelo”, falou a menina.

Formatura
Os 32 voluntários irão se formar na próxima sexta-feira, dia 13, às 14 horas, na sede da Secretaria da Assistência Social, localizada na Rua Humberto Campos, nº 508, no Bairro São João. Na cerimônia, serão entregues além dos diplomas aos cabeleireiros formados pelo Centro de Geração de Renda, mais 25 certificados para manicures, formadas pela Fundação de Atividades Municipal Comunitária (Funamc).

Atendimento
A Casa de Acolhimento Ana Caroline Tenório é gerida pela Prefeitura de Araguaína. O local atende atualmente 28 meninas, sendo dessas quatro bebês, e ainda quatro meninos com idade até 4 anos. Mais nove meninos com idades acima de quatro anos aguardam a construção de um novo prédio, nas dependências da casa, para serem transferidos para a nova unidade.

Para construção do novo prédio e manter o atendimento completo com oficinas, cursos e atividades esportivas, também auxilio de profissionais com dedicação pedagógica, psicológica e social, serão utilizados recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

O Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente (CMDCA) já aprovou o repasse e espera arrecadar doações para garantir a continuidade do auxílio à casa de acolhimento, à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e outras instituições filantrópicas de Araguaína. Um dos recursos que podem ser usados para doar é a destinação via Imposto de Renda.

Outras formas de doação
O doador pode acessar o site www.fia.araguaina.to.gov.br e clicar na guia “Faça sua doação”, preenchendo um formulário com dados pessoais e valor. Ao “Enviar doação”, o sistema gerará um boleto e o enviará para o e-mail do doador.

Para quem prefere usar o meio tradicional, as doações podem ser realizadas por meio de depósito bancário no Banco do Brasil, para a Agência 0638-6, Conta Corrente 77.217-8. O CNPJ do FIA é 18.786.212/0001-01.

No caso do depósito bancário, se o doador pretende deduzir o valor do IR, deve-se informar a Coordenação do FIA. Localizada na Secretaria da Assistência Social, Habitação e Trabalho, na Rua Humberto Campos, nº 508, no Bairro São João, com funcionamento das 12 às 18 horas. Ou pelo telefone (63) 99959-6385.