AÇÃO POLICIAL

Perícia encontra supostas perfurações por tiro em corpo de caminhoneiro que desapareceu em balsa

A Perícia Científica identificou cerca oito perfurações no corpo do caminhoneiro Paulo Sérgio Aves Cremasco, de 39 anos. A suspeita é que sejam perfurações por tiro, mas a confirmação será feita por exames de necrópsia no Instituto Médico Legal (IML).

Caso a suspeita seja confirmada, a Polícia Civil vai trabalhar na linha de homicídio na investigação.
Os Bombeiros localizaram o corpo de Paulo que desapareceu durante a travessia de balsa entre o Tocantins e o Pará na cidade de Araguanã. Ele desapareceu nesta quarta-feira (22). O corpo foi localizado boiando já nas proximidades de Xambioá, no rio Araguaia.

O homem dirigia um veículo do tipo tanque e embarcou normalmente do lado do Tocantins, mas quando a embarcação chegou do outro lado ele não estava mais no barco. Ele foi identificado como Paulo Sérgio Aves Cremasco, de 39 anos.

Os funcionários da balsa e outros passageiros não tinham percebido a ausência do caminhoneiro e só perceberam que ele não estava no local porque o caminhão não foi retirado da balsa.