ESTADO

Tribunal do Júri condena homem a 10 anos de prisão por tentar matar idoso em Filadélfia

A Comarca de Filadélfia deu início nesta semana à temporada de Júri Popular. Já no primeiro dia, nesta segunda-feira (5/8), o Conselho de Sentença, presidido pelo juiz Kilber Correia Lopes, condenou Abel Teixeira dos Santos a 10 anos de reclusão em regime fechado por tentativa de homicídio qualificado contra o idoso João Amâncio dos Santos.

De acordo com os autos, em julho de 2018, Abel estava em um bar bebendo com o idoso quando os dois começaram a discutir. Abel quebrou uma garrafa de vidro e atacou a vítima pelas costas, cortando-lhe a região do rosto e do pescoço. O crime não foi concretizado porque o dono do bar interrompeu a ação do acusado, chamou a polícia e prestou socorro à vítima.

Apurados os quesitos, os jurados reconheceram a materialidade, letalidade e autoria, concluindo que o acusado foi o autor do crime de tentativa homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima. “Assim, obediente à decisão do Colendo Conselho de Sentença, julgo procedente a pretensão punitiva do Estado e, como consequência natural, condeno Abel Teixeira dos Santos”, declarou o magistrado.