CIDADES

Tribunal de Justiça do Tocantins confirma realização de concurso público

Em reunião no gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça do Tocantins, na tarde desta quarta-feira (17/2), o presidente do TJTO, desembargador João Rigo Guimarães, recebeu o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (Sinsjusto), Fabrício Ferreira de Andrade, e sua vice-presidente, Raimunda Valnisa Pereira dos Santos. Em pauta, a retomada do concurso público para o Tribunal de Justiça, entre outros assuntos.

O presidente do Sinsjusto fez questão de abrir a reunião manifestando votos de apoio e desejando sucesso ao recém- empossado presidente do TJTO para o próximo biênio. Segundo ele, a expectativa dos servidores para a nova administração do Judiciário é das melhores, visto que o desembargador João Rigo é conhecido pela postura aberta ao diálogo. “Viemos para uma visita oficial de apoio ao trabalho do presidente João Rigo à frente do Tribunal de Justiça, pois temos a certeza da reciprocidade ao nosso sindicato sempre que precisarmos trazer alguma demanda para discussão”, disse Fabrício Ferreira de Andrade.

Concurso público

Dentre os assuntos que foram discutidos, esteve a retomada do concurso público para o quadro de servidores do Poder Judiciário do Tocantins, suspenso em 2018. Ao ser questionado sobre o assunto, o presidente do TJTO se posicionou a favor da realização do concurso e afirmou que o assunto está a cargo da Comissão de Seleção e Treinamento, responsável pela organização do certame. De acordo com essa comissão, deverá ser realizado um novo levantamento de cargos vagos do quadro de servidores, além de estudo de viabilidade para a realização do concurso.

Ao final da reunião, o presidente do TJTO, desembargador João Rigo, agradeceu a visita e garantiu que as portas de seu gabinete estarão sempre abertas aos servidores do Judiciário. “Fico imensamente feliz e agradecido com essa manifestação de apoio do Sinsjusto, na pessoa do seu presidente. Nossa conversa aqui hoje deixou claro que os interesses estão em sintonia, sempre pelo bem-estar dos nossos servidores”, afirmou.