AÇÃO POLICIAL ESTADO

Suspeito na Operação ONG’s de Papel que estava foragido se apresenta à Polícia

Foto: Dennis Tavares

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial Contra a Administração Pública – DRACMA, cumpriu, na manhã desta quinta-feira, 04, mandado de prisão temporária de um dos investigados na operação ONGs de Papel, deflagrada no último dia 01, na Capital e no interior.

Dos cinco suspeitos contra os quais foram expedidos mandados de prisão pelo Poder Judiciário, apenas um estava foragido e se apresentou na Capital, acompanhado de seu advogado, sendo encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP. Na operação, fatos investigados podem materializar, em tese, crimes contra a Lei de Licitações, Organização Criminosa, Lavagem de dinheiro e peculato.