Araguaina

“Quando meu filho não vem, ele até chora de saudade”, diz mãe de usuário do Centro-Dia de Araguaína

A dona de casa Francisca da Costa, de 57 anos, é mãe de cinco filhos e um deles, Jailson, sofreu um acidente aos seis meses de vida, deixando-o deficiente. Ele é atendido pelo Centro-Dia de Araguaína desde 2019.

“Este serviço foi fundamental na minha vida, eles me auxiliam com todo os cuidados psicológico e social necessários para o meu filho. Além disso, o Centro me permite resolver várias situações  sozinha, enquanto ele está lá”, disse Francisca.

No último dia 10, o espaço ofereceu para as mães dos usuários um momento de relaxamento com serviços de beleza, uma roda de conversa liderada por profissionais da equipe técnica e um sorteio de brindes para celebrar o Dia das Mães.

“O convite para esse evento foi um presente para mim, é muito importante para nós, mães, sairmos um pouco de casa e termos os nossos momentos”, completou a dona de casa.

Um espaço de confiança

A também dona de casa Josefa Santana, de 47 anos, disse que ficou ansiosa desde que recebeu o convite do Centro-Dia para as atividades de homenagem ao Dia das Mães. “Eu não ia perder a oportunidade de fazer as unhas, o cabelo e ter um momento de descanso que nós mães tanto precisamos”.

Josefa é mãe do Patrique, que possui necessidades especiais e frequenta o serviço várias vezes na semana. “O tratamento aqui é excelente e, como mãe, me sinto segura em deixar o Patrique nas mãos do Centro-Dia. Quando meu filho não vem, ele até chora de saudade”.

Homenagem

O Dia de Beleza do Centro-Dia foi pensado para oferecer um momento de descontração e cuidados estéticos e de autoestima para as mães dos usuários e incluíram serviços como manicure, pedicure, cabeleireiro e uma roda de conversa liderada pela equipe técnica composta por psicólogos, assistentes sociais e pedagogos, onde as mães tiveram a oportunidade de compartilhar experiências e trocar informações úteis entre si. Elas também participaram de um sorteio de brindes para celebrar o momento.

Centro-Dia

O Centro-Dia é um equipamento da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Araguaína e foi criado para proporcionar a integração social das pessoas com deficiência, oferecendo oportunidades de interação com outros deficientes e proporcionando acesso a espaços de lazer na cidade.

Para Janaína Fernanda, coordenadora do Centro-Dia, o espaço, muitas vezes, se torna uma segunda casa para os usuários, porque, desde que chegam ao local, eles são recebidos com carinho, cordialidade e seguem uma rotina com atividades que incluem desde a alimentação até a hora de dormir.

“As cuidadoras são vistas por eles como figuras parentais, alguns até os chamam de mãe ou pai, porque o Centro proporciona uma sensação de lar, onde todos se sentem acolhidos e cuidados”, disse Janaína.