TRÂNSITO

PRF registra aumento no número de embriaguez ao volante no Tocantins

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), 70 pessoas foram presas neste ano, no período de 01/01 a 23/08, por dirigir sob a influência de álcool. Um aumento de 9,4% em relação ao mesmo período do ano passado, quando um total de 64 pessoas foram presas.

Conforme o levantamento, neste mesmo período, o número de pessoas autuadas por dirigirem embriagadas aumentou 10,3% comparado ao ano anterior – em 2020 foram 214 flagrantes enquanto em 2019 foram 194.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou quatro ocorrências por embriaguez ao volante somente neste domingo, 23. Três flagrantes foram registrados em Araguaína/TO e um em Guaraí/TO.

O primeiro flagrante foi logo no início da manhã, às 7h20, quando a equipe da PRF foi acionada para atender um acidente do tipo saída de pista, no km 141 da BR-153.No local, foi identificado o condutor do veículo Honda/Pop, um jovem de 23 anos, e uma adolescente passageira menor de idade. Foi realizado o teste de etilômetro e apurou-se o valor de 0,95 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

O segundo flagrante ocorreu no km 137 da BR-153, por volta das 16h00, quando foi dado sinal de parada ao veículo Honda/Biz 125, conduzido por um homem de 47 anos. Após apresentar sinais típicos de embriaguez, o homem foi submetido ao teste de alcoolemia e apurou-se o teor de 0.45 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

A terceira ocorrência, ainda no km 137 da BR-153, por volta das 16h10, foi abordado o veículo Yamaha/Lander conduzido por um jovem de 26 anos. Após o condutor apresentar sinais de embriaguez, foi submetido ao exame de alcoolemia, constatando o teor de 0.46 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O jovem declarou que ingeriu whyski e cerveja ao longo do dia.

A última ocorrência foi registrada no município de Guaraí/TO, durante fiscalização no km 335 da BR-153. Por volta das 16h45, a equipe da PRF abordou o veículo Honda/Fit conduzido por um homem de 58 anos. Ao ser realizado o teste, apurou-se o resultado de 0.47 mg/l de ar alveolar.

Todos os flagrantes foram enquadrados no Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro: Conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool – Embriaguez ao volante. Os condutores foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.