Araguaina

Prefeitura de Araguaína abre mais cinco leitos para pacientes com covid-19

Novos cinco leitos já estão em operação no Hospital Municipal de Campanha (HMC) de Araguaína e foram implantados com recursos financeiros repassados pelo Ministério da Saúde ao Fundo Municipal de Saúde para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus, além dos equipamentos hospitalares doados pelas empresas JBS e Gelnex e dos  ventiladores pulmonares cedidos pelo Governo do Estado, por meio do Ministério da Saúde.

Com os novos leitos, Araguaína chega a 52 leitos de UTI adulto e 6 leitos de UTI pediátricos exclusivos para pacientes com covid-19, 40 deles instalados no Hospital Municipal de Campanha, sendo 15 leitos com Unidades de Terapia Intensiva (UTI) operacionais  e 25 leitos clínicos, para pacientes com quadros mais leves da doença.

“Apesar de ser uma doença nova, que dificulta a tomada de decisões, Araguaína tem sido referência para todo o Tocantins na utilização dos recursos recebidos e no combate ao avanço da covid-19. A previsão é que nos próximos 15 dias mais 5 leitos clínicos sejam transformados em  leitos de UTI, totalizando 20 leitos de UTI e 20 clínicos no HMC”, anunciou a secretária municipal da saúde, Ana Paula Abadia.

Novo tratamento de hemodiálise

Nessa terça-feira, 1º, a Prefeitura também iniciou o serviço de hemodiálise dentro do Hospital de Campanha de Araguaína para os pacientes internados na unidade. O serviço foi disponibilizado para evitar a necessidade de transferência de pacientes com covid-19 até outras unidades hospitalares ou mesmo para Palmas, como já vem acontecendo, aumentando ainda mais o risco do paciente na transferência.

“Estávamos com problemas com casos de pacientes com covid-19 em estado crítico  com insuficiência renal, necessitando fazer hemodiálise e nestes casos esses pacientes eram transferidos para o Hospital Regional de Araguaína, para o Hospital Dom Orione, ou em alguns casos, transferidos para Palmas. Com a implantação desse serviço dentro do Hospital Municipal de Campanha, poderemos garantir mais qualidade no tratamento dos pacientes e segurança para todos”, explicou a secretária.