Geral

Por causa da chuva, Prefeitura de Araguaína antecipa demolição de ponte no Setor Noroeste para construção de uma nova travessia

Dentro do cronograma de obras da Avenida Siqueira Campos, considerada a maior estrutura viária da história de Araguaína, a Secretaria da Infraestrutura está fazendo a demolição de pontes sobre o córrego Neblina para a construção de novas travessias mais seguras e que permitem a vazão de um fluxo de água maior sem causar danos à estrutura. E diante das últimas chuvas que atingiram a cidade, a secretaria decidiu antecipar para este sábado, dia 10, a demolição da ponte na Rua Araguaia, no Setor Noroeste, no trecho entre as ruas 10 e Anchieta.

“As enxurradas provocadas pela chuva do último dia 9 já começaram a danificar a estrutura dessa ponte, por isso decidimos interditar o fluxo de veículos nas proximidades e já iniciar a substituição da estrutura por uma nova. O serviço já estava previsto para as próximas semanas, por isso antecipamos”, explica o secretário da Infraestrutura, Frederico Prado.

Ainda segundo o gestor da pasta, o bloqueio da rua e as obras têm a previsão de durar uma semana.

Rotas de trânsito

A Rua Araguaia é uma via de ligação dos setores Itapuan e Noroeste. Para quem trafega pela localidade, a ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) orienta que sejam usadas as ruas Bom Jardim, Anchieta, 10 e a Avenida Campos Elísios para contornar a região de obras e acessar os bairros ou o centro da cidade. Devido à grande quantidade de ruas de mão dupla na região e a proximidade entre as vias, a ASTT informa que os desvios não serão extenso.

Av. Siqueira Campos

A primeira etapa da obra tem início na Via Norte, no Jardim Goiás, e terá 2,5 km de extensão (5 km de vias, considerando as duas pistas) até a Avenida Castelo Branco. Durante o trajeto, o córrego Neblina será canalizado para receber a avenida dupla. O serviço também inclui mais de 2.300 m de drenagem, além de calçadas com acessibilidade.

A segunda etapa da obra ligará a Avenida Castelo Branco aos setores Couto Magalhães, Vila Norte e Universitário, com a criação de três parques urbanos, entre eles o Parque de Conservação Nascentes do Neblina. No total, a Avenida Siqueira Campos terá 6,5 km de extensão.

O investimento faz parte do Projeto Águas de Araguaína, realizado com recursos do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe e, assim como a Via Norte, tem como objetivo a preservação dos córregos que cortam a cidade, eliminando o lançamento irregular de esgoto, preservando o leito dos cursos d’água e melhorando a mobilidade urbana.