CIDADES

Justiça determina transferência de idoso com covid de Ananás para Hospital de Araguaína

A Justiça atendeu ao pedido constante em Ação Civil Pública (ACP), proposta pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), e determinou ao Estado do Tocantins, a imediata, transferência do idoso, internado com covid-19, do Hospital Municipal de Ananás para o Hospital Regional de Araguaína. A decisão foi proferida, na noite desta quarta-feira, 24.

Adão Pedroso Balisa, de 64 anos, necessita de atendimento em sala vermelha para tratar das sequelas advindas da covid-19, tratamento que não pode ser ofertado na unidade em que se encontra atualmente, respirando com ajuda de ventilação mecânica. Diante da gravidade da situação, os laudos médicos apontam que o idoso precisa de procedimentos clínicos e medicamentos complexos, porém o  hospital municipal não oferece.

Na decisão judicial, o magistrado deixa consignado que, caso não seja possível a transferência para a sala vermelha do Hospital Regional de Araguaína, o Estado promova a remoção para outro hospital de referência com condições de atendê-lo, em qualquer ente federativo, público ou privado.

A Ação Civil Pública é assinada pelo promotor de Justiça, Guilherme Cintra Deleuse, que responde pela Promotoria de Justiça de Ananás.