Política

Juiz eleitoral manda Nelcivan tirar ofensas a honra da Prefeita Cinthia da internet

O juiz eleitoral Lauro Augusto Moreira Maia, da 29ª Zona Eleitoral, caracterizou as ofensas de um ex-cabo da Polícia Militar e de sua esposa, que se apresenta como pastora, nas redes sociais contra a Prefeita Cinthia Ribeiro como uma propaganda antecipada negativa, com intenção de ofensa à dignidade da pessoa.

A Justiça Eleitoral fixou uma multa de R$ 2 mil aos dois, podendo ser cumulativa caso postem novamente o vídeo na internet e oficiou o Facebook para que retirem o vídeo, assim, como também, no Instagram.

Em 17 de agosto, o ex-cabo postou um vídeo em suas redes sociais com a legenda “Deus vai tratar com todos os perversos”, onde sua esposa, junto com o ex-militar, fala sobre a Prefeita Cinthia: “essa mulher é tão burra”, “ela é tão burra, tão jumenta essa mulher” e “a senhora e man, era manteúda, teúda e manteúda de homem rico, de político”.

“Será que se o prefeito fosse homem seria o mesmo nível de ofensas? Temos que refletir”, pondera a Prefeita Cinthia Ribeiro.