AÇÃO POLICIAL

Homem é suspeito de estuprar a própria filha de 1 ano em Pedro Afonso

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 50ª Delegacia de Polícia de Pedro Afonso, deu cumprimento na tarde desta sexta-feira, 21, a mandado de prisão preventiva de um homem suspeito de crime de estupro de vulnerável da própria filha de um ano e cinco meses de idade.

Os fatos chegaram ao conhecimento da Polícia Civil por meio de comunicação do Ministério Público Estadual, que já tinha tomado ciência dos fatos. Conforme apurado, a criança de um ano e cinco meses, ficou órfã de mãe aos três meses de idade e, desde então, vivia com o pai e a madrasta.

Segundo apurado, uma irmã da criança, que tem o hábito de visitá-la, reparou que aquela tinha assaduras e vermelhidão nos órgãos íntimos, bem como sentia muitas dores na hora do banho. Diante de tal suspeita, a criança foi encaminhada para exame pericial constatando-se que houve abuso sexual.

Diante da gravidade dos fatos, a autoridade policial representou pela prisão preventiva na manhã desta sexta-feira, tendo despachado pessoalmente com o promotor e o juiz, informando-os da necessidade da prisão. Ato contínuo, o mandado de prisão foi deferido e prontamente cumprido pelo delegado titular e seus agentes.

O suspeito foi preso em sua residência e conduzido à Delegacia, onde, acompanhado de sua advogada, foi interrogado pelo delegado Bernardo José Rocha Pinto. Após os procedimentos de praxe, o suspeito será encaminhado para o presídio de Guaraí, onde ficará à disposição do poder judiciário.