ESTADO

Governo do Tocantins inicia plano de ação do projeto Foco no Fogo 2024

O Governo do Tocantins iniciou nesta terça-feira, 9, a etapa de prevenção contra as queimadas ilegais no estado, por meio do projeto Foco no Fogo 2024, no âmbito do Comitê do Fogo – Comitê Estadual de Combate aos Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins, com carreata e blitz educativa, em Palmas. Neste ano, o projeto Foco no Fogo terá duas etapas: a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), junto com outras 32 instituições, iniciam a sensibilização nas escolas e, a partir do mês de maio, retoma as visitas às propriedades rurais.

O secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Marcello Lelis, afirmou que, neste ano, o Estado antecipa as ações preventivas com o projeto Foco no Fogo no âmbito do Comitê do Fogo. “Começamos com a carreata e a blitz educativa em Palmas, que marcam o início do trabalho de sensibilização, percorrendo as ruas e chamando a atenção das pessoas para o período de estiagem que se aproxima; os cuidados que precisamos adotar e os meses de suspensão em que devemos evitar o uso do fogo. Esse é um trabalho que, ano a ano, é feito em absoluta sintonia com 32 instituições parceiras do projeto, tendo no ano passado alcançado uma redução de 40% os focos de queimadas no estado do Tocantins”, pontuou.

A diretora de Educação Ambiental para Sustentabilidade, Erliete Gadotti, destacou a inovação do projeto. “Neste ano, dividimos o projeto em duas etapas. Na primeira, vamos ministrar palestras nas escolas, ressaltando o quanto é prejudicial para a saúde, para o meio ambiente, que inclui a fauna e a flora. Então, a gente percebeu que é muito melhor prevenir do que restaurar, partindo desse princípio, a gente começa a prevenção também dentro das escolas, uma vez que os alunos propagam muito o que é aprendido. Nessa etapa serão percorridos 22 municípios, que somados à segunda etapa vão totalizar 67 cidades visitadas pelo projeto Foco no Fogo”, enfatizou.

O superintendente do Comando de Ações de Defesa Civil Estadual, coronel Erisvaldo Alves, ressaltou que, neste ano, já foram pactuadas as ações que serão realizadas no âmbito do Comitê do Fogo e a ideia é melhorar, a cada ano, as atividades que vêm sendo realizadas. “O Foco no Fogo vem crescendo e alcançando mais municípios. Este ano começamos mais cedo, antes mesmo do fim do período chuvoso, a partir de amanhã, com as palestras nas escolas, uma inovação que a Semarh traz para o projeto”, concluiu.

Parceiros

Além da Semarh, o projeto Foco no Fogo conta com o Comando de Ações de Defesa Civil; Corpo de Bombeiros Militar (CBMTO); Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA); Centro Integrado de Operações Aéreas; Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit); Ministério Público do Tocantins (MPTO); 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro; Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec); Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); Fundação Municipal do Meio Ambiente de Palmas (FMA); Guarda Metropolitana de Palmas (GMP); Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Palmas; Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro); Secretaria de Estado da Educação (Seduc); Defesas Civis Municipais; Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO); Agência de Transportes, Obras e Infraestrutura (Ageto); Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo; Secretaria de Estado da Comunicação (Secom); Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; Federação da Agricultura e Pecuária (Faet); BP Bunge; Energisa; Prevfogo/Ibama; Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO); Associação Tocantinense de Municípios (ATM); Departamento Estadual de Trânsito (Detran/TO); Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins.