ESTADO

Governo afirma que a partir da próxima semana empresa deve iniciar contratação de trabalhadores para a obra do HGA

Após a reclamação do vereador Marcos Duarte em relação a obra parada do Hospital Geral de Araguaína (HGA), o Governo do Estado enviou uma nota justificando o caso.

Segundo o Estado, a ordem de início das obras foi assinada e a retomada dos trabalhos está sendo feita de forma paulatina, enquanto a medição pericial era concluída.

Ainda conforme a nota, a empresa executora do projeto está atuando na sondagem, topografia, terraplanagem e detalhamento do projeto. A previsão é de que na próxima semana deve iniciar a montagem do canteiro de obras e fazer a contratação de mão de obra.

A obra

O Hospital Geral de Araguaína foi orçado inicialmente em R$ 160 milhões. Quando concluído, contará com 400 leitos hospitalares, que serão subdivididos da seguinte forma: 120 leitos para clínica médica, 87 leitos de cirurgia, 70 leitos de ortopedia, 11 leitos de psiquiatria, dois leitos de obstetrícia, dois leitos de pediatria, 28 leitos para especialidades diversas, 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 leitos de Unidade de Cuidado Intermediário; além de Pronto-Socorro e setores de oncologia, de diálise, laboratórios e área administrativa.