Araguaina

Entrega de cestas básicas para famílias devido à pandemia é retomada em Araguaína

Esta semana a Secretaria da Assistência Social voltou a fazer a entrega de cestas básicas às famílias de Araguaína que estão em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia da covid-19. Até o mês de novembro, mais de 58 mil cestas chegaram a ser entregues pelo Município. O benefício teve que ser temporariamente suspenso por conta do período eleitoral.

De acordo com a secretária municipal da Assistência Social, Fernanda Ribeiro, o serviço foi retomado nessa terça-feira, 17, conforme o Decreto Municipal nº 256, públicado no Diário Oficial do dia 12 de novembro, e todas as famílias cadastradas estão sendo atendidas normalmente. “Este é um benefício garantido pela Lei Municipal 043/2016, que institui normas gerais da Fundação de Atividade Municipal Comunitária (FUNAMC), por isso algumas famílias já eram atendidas antes do início da pandemia. Com a chegada da covid-19, nós tivemos que aumentar a quantidade de famílias assistidas e estamos nos empenhando para dar apoio a toda a população durante este período”, explicou.

A entrega da cesta é realizada a cada quinze dias, com itens básicos, como arroz, óleo de cozinha e feijão que são adquiridos com o recurso emergencial para a covid-19 disponibilizado pelo Governo Federal.

Cestas verdes
Além das cestas básicas, o Município já fez a doação de mais de 1.400 cestas verdes desde o início da pandemia, elas são direcionadas às famílias que não foram contempladas com a cesta básica naquela semana e contém frutas, verduras e legumes adquiridos de produtores locais por meio do Programa Compra Direta.