AÇÃO POLICIAL

Em Praia Norte, ação conjunta das Polícias Civil e Militar resulta na prisão de homem foragido da justiça por estupro de vulnerável

Foto: Divulgação PCTO

Um homem de 44 anos foi preso na manhã da última quinta-feira, 28, em Praia Norte, por agredir com um pedaço de madeira a própria mãe e a irmã. A prisão, realizada por policiais civis da 9ª Delegacia de Praia Norte com o apoio da Polícia Militar, ocorreu logo após o registro do boletim de ocorrência feito por uma das vítimas.

Conforme explica a delegada Daniela Caldas, a irmã, ferida na testa, foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Augustinópolis, onde o ferimento foi suturado com dez pontos. A equipe médica encorajou a vítima a denunciar o irmão agressor.

“Os fatos ocorreram logo no início da manhã, após um desentendimento entre os irmãos, que chegaram às vias de fato. A mãe, ao tentar defender a filha, acabou sendo atingida na testa, ficando com um grande hematoma. A irmã após receber os cuidados médicos em Augustinópolis, voltou à Praia Norte e procurou a delegacia local para registrar boletim de ocorrência de lesão corporal e solicitar medida protetiva em desfavor do autor das agressões”, informou a delegada.

Ao consultar o banco de dados, foi constatado que contra o autor havia um mandado de prisão em aberto por crime de estupro de vulnerável praticado no ano de 2021 em Buriti do Tocantins, sendo o mesmo considerado foragido.

As equipes então saíram em diligências, localizaram e prenderam o indivíduo que no momento capinava um lote na cidade. Ele foi conduzido até a 3ª Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins, onde foram adotadas todas as providências legais, no sentido de dar cumprimento ao mandado de prisão em aberto. O homem está preso na Unidade Penal de Araguatins à disposição do Poder Judiciário.

“Quanto ao crime de lesão corporal praticado contra a irmã e a genitora, o mesmo está sendo investigado por meio de procedimento distinto, instaurado pela 9ª Delegacia de Praia Norte”, informou.