ESTADO

Conselho Estadual de Segurança Pública debate ações para aprimorar serviços prestados à população

Foto: Luiz de Castro/Governo do Tocantins

Representantes das forças de segurança que atuam no Tocantins reuniram-se na tarde dessa terça-feira, 21, no Palácio Araguaia, para a XI Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Segurança Pública (Conesp), presidido pelo secretário da Segurança Pública, Wlademir Costa. Na oportunidade, foram apresentadas as ações que estão sendo executadas pela Polícia Militar do Tocantins (PMTO), pelo Corpo de Bombeiros Militar(CBM) e pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), e debatidos assuntos pertinentes à melhoria dos serviços prestados na área de segurança pública.

O secretário Wlademir Costa destacou que na 82ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp), realizada no início do mês de junho, em Manaus- AM, foi divulgado o ranking que avalia o Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Pesse) de cada estado da federação. “O Tocantins foi destaque, saltou do 17º lugar do ranking para 12º. Isso mostra que todas instituições que compõem as forças de segurança do estado do Tocantins estão fazendo seu trabalho em promover a segurança, atuando de forma integrada em prol do cidadão”.

Ações

A Polícia Militar apresentou o relatório das 62 ações distribuídas em dez eixos que compõem os indicadores da corporação, compreendendo obras estruturais concluídas ou em andamento, aquisições de equipamentos, armas, munições e viaturas; cursos de qualificação, investimentos em tecnologia e inovação, dentre outros.

O Corpo de Bombeiros também apresentou as ações desenvolvidas quanto à melhoria da infraestrutura  dos quartéis; aparelhamento da corporação; aquisição de veículos e computadores; aperfeiçoamento de técnicas e serviços; fortalecimento do serviço de inteligência; aperfeiçoamento de parcerias; e ações de promoção da cultura de paz.

Foto: Luiz de Castro/Governo do Tocantins

O secretário da Cidadania e Justiça, Deusiano Amorim, destacou o trabalho realizado pelo polícia penal que tem fortalecido a segurança no sistema penitenciário; a nomeação de policiais penais e socioeducativos; a aquisição e locação de veículos; melhorias nas unidades penais; e investimentos em cursos para os internos; dentre outros.

Após as apresentações, membros do Conesp pontuaram pautas que serão debatidas na próxima reunião, como o retorno da audiência de custódia virtual e o aumento da fiscalização nas estradas. “Todos assuntos pertinentes à segurança são relevantes e é através dos debates que construímos os mecanismos e diretrizes da atuação da segurança pública do nosso Estado”, finalizou o secretário Wlademir Costa.

Também estavam presentes na reunião ordinária o secretário executivo da Segurança Pública, Reginaldo de Menezes Brito; o delegado-geral da Polícia Civil, Claudemir Luiz Ferreira; o secretário executivo do Conesp e diretor do Sistema Integrado de Operações (Siop), Ricardo Real; a superintendente de Segurança Integrada da Secretaria de Segurança Pública, Maria de Fátima Holanda; o promotor de Justiça, André Varanda; dentre outros membros do Conesp.

Conesp/TO

O Conesp/TO é um órgão colegiado permanente, tem função consultiva, sugestiva e de acompanhamento social das atividades de segurança pública e defesa social. Nele estão representadas as secretarias de Estado da Segurança Pública, da Cidadania e Justiça, da Educação, dos Esportes e Juventude, da Infraestrutura, Cidades e Habitação, e da Saúde; além do Departamento Estadual de Trânsito; Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Polícia Civil; Polícia Científica; Defensoria Pública; Ordem dos Advogados do Brasil; Polícia Rodoviária Federal; Ministério Público do Tocantins; Tribunal de Justiça do Tocantins; Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Tocantins; Associação dos Oficiais Militares do Estado do Tocantins;  Associação dos Agentes de Trânsito do Estado do Tocantins; Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário; Associação de Moradores da Quadra 304 Norte, em Palmas; e do Conselho Comunitário de Porto Nacional.